jusbrasil.com.br
14 de Agosto de 2022

Comissão aprova isenção de custas processuais para pedido de medida protetiva à vítima de violência doméstica

AUDIÊNCIA BRASIL, Administrador
Publicado por AUDIÊNCIA BRASIL
há 9 meses


A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3542/20, que determina a isenção de custas processuais para a solicitação e revisão de medidas protetivas às mulheres em situação de violência doméstica, independentemente da situação econômica da vítima.

Apresentado pelo deputado Paulo Ramos (PDT-RJ), o texto altera a Lei Maria da Penha. Entre as medidas protetivas previstas na lei, que podem ser determinadas de imediato pelo juiz, estão a suspensão da posse ou restrição do porte de armas, o afastamento do agressor do lar e a restrição ou suspensão de visitas aos dependentes menores.

O parecer da relatora, deputada Aline Gurgel (Republicanos-AP), foi favorável ao projeto. “A proposta é meritória e oportuna, ao suprir lacuna legal e deixar clara a dispensa de prova de hipossuficiência da vítima para o fim de receber medidas protetivas do Estado”, avaliou.

Tramitação

O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.​

(Fonte: Agência Câmara de Notícias)


📰 Leia também:

➡️ Mega Petição 300.000 Modelos de Petição Prontos e Editáveis: Petições Atualizadas 2021.

➡️ Petições Imobiliárias 2021 - Acervo Completo com Petições e Contratos

➡️ Peças Recursais Cíveis - Redija com maestria todos os seus RECURSOS CÍVEIS sem esquecer de nenhum tópico importante!

Informações relacionadas

Charles da Costa Bruxel, Bacharel em Direito
Artigoshá 7 meses

A Isenção de Custas Processuais Concedida pelo Artigo 90, §3º, do Código de Processo Civil de 2015

Carlos Eduardo Rios do Amaral, Defensor Público
Artigoshá 4 anos

Lei Maria da Penha: agressor afastado do lar não pode cobrar aluguel da vítima

AUDIÊNCIA BRASIL, Administrador
Notíciashá 3 meses

Entra em vigor a Lei Henry Borel, que prevê medidas protetivas a crianças vítimas de violência doméstica

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)