jusbrasil.com.br
14 de Agosto de 2022

Juíza é punida com advertência por se negar a despachar com advogado

AUDIÊNCIA BRASIL, Administrador
Publicado por AUDIÊNCIA BRASIL
há 9 dias


Por unanimidade, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo aplicou a pena de advertência à juíza Cristiane Amor Espin, da 3ª Vara Cível de Praia Grande, por se negar a despachar com advogados sem prévio protocolo de petição nos autos.

De acordo com o relator, desembargador Tasso Duarte, a condição imposta pela magistrada não está prevista na legislação. Ele afirmou que o atendimento a advogados deve ocorrer a qualquer momento, com urbanidade e cortesia, "independentemente da convicção prévia sobre o mérito do pedido".

"Instaurado o processo administrativo disciplinar, a prova produzida foi toda no sentido de confirmar que havia uma conduta que não se mostrava a mais correta em razão do fundamento legal. Então, pelo meu voto, sugiro a aplicação da pena de advertência", afirmou o relator.

Para condenar a juíza, Duarte citou artigos da Loman e do Código de Ética da Magistratura, que estabelecem ser dever do magistrado tratar com urbanidade e cortesia os colegas, os membros do Ministério Público, os advogados, os servidores, as partes, as testemunhas e todos que se relacionem com a administração da Justiça.

Por Tábata Viapiana /Fonte: Conjur

📰 Leia também:

➡️ Banco de Petições - Totalmente Atualizado - Melhor Custo Beneficio!

➡️ Petições de Trânsito 2021 - O maior acervo de Modelos de Recurso de Trânsito com ótimo custo benefício!!

➡️ Direito da Saúde - Acervo Completo de Petições da Saúde Atualizadas - Confira!!

Informações relacionadas

Isaias Rufino de Souza, Advogado
Notíciashá 9 dias

Justiça condena Plano de saúde por aumento abusivo

DR. ADEvogado, Administrador
Notíciashá 9 dias

Caso Kiss: Desembargador chama advogado de "toupeira"

ADVOGADO DIGITAL
Notíciashá 9 dias

Câmara aprova projeto que acaba com “saidinhas” temporárias de presos; entidades criticam

Isaias Rufino de Souza, Advogado
Notíciashá 9 dias

Bullying no ambiente escolar, quem responde por isso?

Jeferson Freitas Luz, Advogado
Notíciashá 10 dias

Boate Kiss: TJ-RS anula júri e determina soltura dos réus.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)