jusbrasil.com.br
14 de Agosto de 2022

Audiência de Conciliação e Instrução: 8 dicas imperdíveis

AUDIÊNCIA BRASIL, Administrador
Publicado por AUDIÊNCIA BRASIL
há 4 anos

Seja audiência de conciliação ou de instrução, a audiência judicial é um dos momentos processuais mais importantes em todo o processo, e que pode fazer toda a diferença na condução de sua ação.

Podemos fechar um acordo importante, produzir provas decisivas e, até mesmo, esclarecer alguns pontos controvertidos. Em outras palavras, saber fazer uma boa audiência de conciliação pode ser decisivo para o êxito do seu processo.

Por essa razão, preparamos uma lista com oito dicas preciosas para melhorar seu desempenho em audiências:

1. AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO: ESTUDE O PROCESSO

É muito importante estar preparado, portanto, é essencial estudar o processo.

Sugiro que verifique, antes de qualquer audiência, seja como advogado do autor ou do réu, todos os documentos já juntados aos autos, inclusive as alegações das peças.

Fique atento ao objeto da ação e à pretensão do seu cliente.

2. TIRE TODAS AS DÚVIDAS DE SEU CLIENTE

É recomendado entrar em contato com seu cliente no dia anterior à audiência, para esclarecer todas as dúvidas que ainda possam existir.

Essa atenção é essencial para manter a relação de confiança e segurança que seu cliente deposita em você.

3. ATENÇÃO AO LOCAL E HORÁRIO

Independente de como você agenda seus prazos, o local e o horário da audiência devem estar sempre em destaque para evitar imprevistos.

Certifique-se que essas informações também foram passadas ao seu cliente, para que não haja dúvidas.

Por excesso de cautela, é sempre bom chegar meia hora mais cedono local para confirmar a pauta.

4. PROGRAME A SUA AGENDA

Não é possível prever quando uma audiência acabará, portanto esteja disponível.

Não podemos esquecer que, muitas vezes, a pauta atrasa ou a audiência pode acabar se prolongando mais do que o esperado, então, é melhor se programar.

Não deixe prazos pendentes, e evite marcar compromissos que possam ser prejudicados caso haja atraso.

5. MANTENHA-SE CALMO

Por mais complicado que seja o tema em discussão, é essencial que você se mantenha focado, passando segurança ao seu cliente.

Lembre-se: você já estudou o processo, está preparado para a assentada.

6. SE NÃO SOUBER, QUESTIONE

Muitas vezes, deixamos passar informações importantes por vergonha de perguntar do que se trata.

Formalidades sobre: onde sentar, em que momento falar, quando e como perguntar, podem variar e depender da competência do Juízo ou do hábito local.

Se você conta com um amigo, que tem mais experiência, essa é a hora de pedir ajuda. Caso contrário, não faz mal questionar ao Juiz ou Conciliador no momento da audiência.

Lembre-se sempre que todos naquela sala começaram com dúvidas, assim como você.

7. DE OLHO NA ATA

Preste bastante atenção ao que é incluído na ata de audiência, pois esse documento será assinado por você e seu cliente no final.

Fique atento ao monitor onde é possível visualizar o que está sendo digitado, e não tenha medo de intervir.

Confira sempre o número do processo, o nome das partes, documentos e principalmente a data.

Não esqueça de que todas as informações relevantes devem constar em ata.

8. ATENÇÃO AOS PRAZOS

Agende os prazos que possam ter surgido após a audiência.

Muitas vezes, prazos de contestação, réplica e juntada de documentos, podem ser contados após a realização da audiência, e as partes já saem intimadas.

Pode acontecer também, de a audiência ser remarcada, portanto, verifique se a nova data foi informada, e inclua em seu controle com máxima brevidade.

Percebe o quão importante é esse momento processual?

Por essa razão, preparação e atenção são as palavras chave para se ter bons resultados.

(Fonte: Advocaciaderesultado)

📰 Leia também:

➡️ Kit do Advogado 2.0 - Mais de 250 mil modelos de Petições de todas as áreas do Direito!!

➡️ Petições de Trânsito 2021 - O maior acervo de Modelos de Recurso de Trânsito com ótimo custo benefício!!

➡️ Direito da Saúde - Acervo Completo de Petições da Saúde Atualizadas - Confira!!


Informações relacionadas

Renata Valera, Advogado
Modeloshá 4 anos

[Modelo] Recurso Extraordinário - Novo CPC

Danielle Mota, Advogado
Artigoshá 3 anos

Sessão de conciliação/mediação: o conciliador/mediador pode se recusar a constar a proposta de uma das partes em ata?

Humberto Sousa, Advogado
Artigoshá 4 anos

Como ocorre uma audiência no Juizado Especial Cível?

Mariana Costa Reis, Advogado
Artigoshá 4 anos

Como se preparar para uma audiência de conciliação

Breve resumo da audiência de Conciliação nos Juizados Especiais Cíveis.

4 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

E ainda.
Se a parte estiver sem defensor, deve gravar e filmar, se possível, a audiência.
Sugiro que toda audiência de conciliação deva ser filmada e gravada com armazenamento da fita por pelo menos sessenta dias para futuras consultas.
Já houveram casos realmente criminosos ocorridos e que não puderam ser comprovados, inclusive tendo como vítimas advogados.
Falta muita transparência ao Poder Judiciário.
Boa Reflexão! continuar lendo

Boa tarde ,na audiencia de conciliacao na trabalhista, a dívida pode ser parcelado até em quantas vezes. continuar lendo

Dicas excelentes e que fazem o diferencial no momento da audiência.
Agradeço a contribuição! continuar lendo